Regras de Recolhimento para o Simples Nacional

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Regras de recolhimento para o Simples Nacional

As empresas enquadradas no Simples Nacional, em regra geral, fazem suas contribuições ao INSS por meio da DAS (Documentação de Arrecadação do Simples Nacional).

A alíquota de desconto para optantes do Simples Nacional é de 11% no que se refere à contribuição previdenciária do INSS. Esse valor é calculado sobre o faturamento bruto da empresa, conforme previsto na Lei n.º 8.212/91.

Com exceção das empresas cujas atividades se enquadrem no anexo IV do Simples Nacional, que cadastraram CNAES (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) para o fornecimento de serviços de limpeza, vigilância, obras e construção de imóveis, por exemplo.

Nestes casos o recolhimento será como as empresas de outros regimes tributários onde é aplicado 20% de INSS patronal sobre a folha de pagamento que será feito por meio da Guia da Previdência Social (GPS).

Como pagar a DAS?

A DAS é uma guia de pagamento que unifica todos os impostos que devem ser pagos por empreendedores que optaram pelo regime tributário Simples Nacional inclusive INSS.

Todo mês o MEI deve pagar, por meio do DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional -, as contribuições destinadas à Previdência Social e ao ICMS ou ISS.

Você pode emitir DAS MEI de duas formas: através do aplicativo MEI Fácil ou do PGMEI – Programa Gerador de DAS do Microempreendedor Individual.

Para emitir o DAS de forma fácil, através do app MEI fácil:

Instale o aplicativo MEI Fácil em seu celular
Clique em TENHO MEI
Preencha os dados solicitados
E pronto!

Para emitir o DAS através do PFMEI:

Entre no portal PGMEI
clique em “Emitir Guia de Pagamento DAS”
Escolha o ano-calendário e, em seguida, o mês de liquidação.
Ao finalizar, o seu boleto será gerado e você poderá fazer o pagamento através da Internet Banking do seu banco ou nas agências bancárias mais próximas de você.
Fonte Jornal Contabil

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Setembro Amarelo

As questões do autoconhecimento e da saúde mental têm sido cada vez mais pautadas nos últimos anos, seja em nosso ciclo social, nas redes sociais e nas empresas. A demanda por programas em prol da saúde mental do colaborador é

PIX os golpes mais aplicados no mercado

O PIX foi lançado pelo Banco Central, como uma ferramenta de pagamento instantânea. Assim, em poucos segundos é possível realizar pagamentos e transações bancárias. Porém, essa facilidade também tem ajudado os criminosos na hora de aplicar golpes. Com o novo

5 livros que ensinam lições valiosas para empreendedores do varejo

Empreender no mundo do varejo exige estratégias para se diferenciar da concorrência, desde a divulgação de produtos, até a logística de distribuição e o suporte no pós-venda. Pensando nisso, elencamos cinco sugestões de livros que abordam diferentes perspectivas sobre varejo

4 dicas para uma liderança positiva

Um estudo da “Harvard Business Review”, mostrou que 66% das pessoas querem um trabalho que traga mais realização e significado. Isso não acontece só entre as equipes do escritório ou das indústrias, mas também entre líderes de grandes empresas, que

MEI E NFS-E O que ira mudar em 2023

Com o intuito de unificar e facilitar a rotina dos mais de 11 milhões de Microempreendedores Individuais (MEIs), o governo federal anunciou mudanças para que os empreendedores possam emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) em todo o território

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top