PORQUE PAGAMOS IMPOSTOS

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

PORQUE PAGAMOS IMPOSTOS

20/07/2022

Muitos não gostam de pagar impostos. O motivo pode ser por não saber a sua função.

Para falarmos de impostos, primeiro temos que falar do Estado.

Quem é o Estado
Não o Estado que você mora, como Estado de Santa Catarina, por exemplo,

O Estado, a União, o Governo.

O Estado foi consituído pelo povo (sim, pelo povo, por cada cidadão representado por seus políticos!

Por isso, a importância de votar consciente. A responsabilidade é sua também.

Pode ser o governo federal, estadual, municipal!

Função do Estado
O Estado tem a função de organizar a sociedade. Podemos nem perceber, mas se não houvesse organização estaríamos vivendo numa selva caótica!

Não entraremos aqui na discussão da qualidade do Estado, pois sabemos que há diversos problemas existentes e melhorias necessárias. Trataremos da teoria!

O Estado precisa regular as relações sociais através de leis, decretos, normativas, etc. para alcançar o equilíbrio e a organização.

Exercendo essa função de organizar, que existe a logística de distribuição de medicamentos e vacinas, a segurança pública, a educação, a infraestrutura.

Caso contrário dependeríamos da iniciativa privada para pavimentar ruas, vender segurança, educação, e disponibilizar saúde.

Outra regulação importante

Como o Estados executa sua função
Para conseguir realizar essa função o Estado precisa de recursos, ou seja, dinheiro.

E como consegue esses recursos? Através dos impostos, taxas, contribuições!

Portanto, assim como o povo constituiu o Estado, seus representantes constituíram a obrigação de cada cidadão ou entidade (empresa) de contribuir com a arrecadação desses recursos.

Resumindo, é um pacto social, onde todos contribuem para a ordem sociedade através dos impostos pagos ao Estado, encarregado dessa função.

Não entraremos também na discussão da eficiência de destinação desses recursos.

Cabe a nós entender que os impostos são a fonte para oferecer aposentadorias, saúde, educação, transportes, infraestrutura, segurança, etc. públicos.

E até mesmo regular mercados. Por isso que mercadorias como cigarros e bebidas sofrem com alta carga tributária, por exemplo.

Se um ou outro desses serviços públicos poderiam melhorar, a discussão está na competência dos políticos que elegemos para essa posição.

Por hoje é só.

Em breve, falaremos de como o Estado pode cobrar impostos e quando não pode cobrar também!
Fonte: Contábeis

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Lucro real Anual ou Trimestral

Rosati O contribuinte optante pelo Lucro Real poderá escolher duas opções de apuração do IRPJ e CSLL. Lucro Real Anual Dentro da opção anual, existem duas modalidades: 1. Antecipações por Estimativa Mensal; 2. Antecipações com base em Balanço ou Balancetes

Quais os impostos que MEI paga?

Com o instituto de tirar da informalidade profissionais autônomos e pequenos empreendedores, em 2009 foi criado o MEI. Ao se formalizar como MEI, o empreendedor passa a ter um CNPJ próprio, a possibilidade de emitir notas fiscais e de ter

MEI ULTRAPASSOU O LIMITE?

O que deve ser feito ao ultrapassar o limite? Ao ultrapassar os R$ 81 mil reais anuais, será preciso pedir um novo enquadramento para a empresa, que poderá ser tanto para Microempresa (ME), quanto Empresa de Pequeno Porte (EPP), dependendo

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top