CONHEÇA MAIS SOBRE OS AVANÇOS DA LOGÍSTICA REVERSA NO BRASIL

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
CONHEÇA MAIS SOBRE OS AVANÇOS DA LOGÍSTICA REVERSA NO BRASIL
Em janeiro, o Governo Federal editou um decreto para criar o Programa Nacional de Logística Reversa que moderniza dispositivos e desburocratiza procedimentos para melhorias na implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída por lei desde 2010. A logística reversa é um meio para viabilizar o recebimento e a restituição de materiais ao setor, para reaproveitamento ou destinação ambientalmente adequada. A ideia da revisão é trazer melhorias e maior número de adesão ao descarte ambientalmente correto em pontos de recebimento autorizados e preparados para a gestão dos produtos pós consumo espalhados no Brasil. Para o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a revisão era necessária tendo em vista a quantidade de resíduos que ainda são descartados de forma inadequada no meio ambiente.
Na primeira versão da lei, as entidades gestoras como a ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos não podiam receber produtos pós consumo já desmontados ou faltando peças. Isso porque com o manuseio incorreto desses materiais os usuários ou equipe de assistências técnicas poderiam se contaminar com os gases, metais, óleos, entre outros componentes nocivos à saúde. Mas apesar da intenção, os consumidores não deixavam de desmontar os aparelhos para vender possíveis peças que ainda estavam úteis e as partes que sobravam desses produtos eram descartadas sem cuidado algum em rios e terrenos baldios, poluindo solos, lençóis freáticos e o ar.

O costume dos consumidores em quererem vender eletroeletrônicos ou algumas peças desses produtos que ainda estão funcionando fazem parte dos 3R”s (Reduzir o consumo, Reutilizar e Reciclar). Mas é fundamental reinserir os materiais reciclados na cadeia produtiva, permitindo a redução do consumo de recursos naturais. Esse processo faz parte da Economia Circular. Para que o conceito seja colocado em prática de forma efetiva, é necessária a otimização de processos dentro de toda a cadeia, o uso de novas tecnologias e, principalmente, a conscientização do consumidor, que deve partir desde a redução do consumo de recursos até a realização do descarte ambientalmente correto de produtos (ou parte deles) pós consumo.


Visando a economia como um todo, é possível afirmar que a logística reversa gera oportunidades de negócios, empregos e renda para o país. O Brasil deu um passo importante para essa jornada com a aprovação, em 2020, do Decreto Federal 10.240 e agora com esta revisão importante, que visa regulamentar a política de logística reversa.

Na ABREE, desde a implantação desse processo em 2020, a expansão está acelerada. Em 2021, a entidade atingiu a marca de mais de 3 mil pontos de recebimento de eletroeletrônicos e eletrodomésticos pós consumo espalhados por todo território nacional junto aos municípios e o Ministério do Meio Ambiente. Para encontrar o mais próximo, basta digitar o CEP e o produto a ser descartado para obter os endereços pelo site: https://abree.org.br/pontos-de-recebimento. No portal também é possível ter acesso à lista completa dos produtos que podem ser descartados, como batedeira, ferro elétrico, fone de ouvido, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, purificador de água, televisão e entre outros.

O momento é de manter o foco e promover a consciência coletiva, contribuindo com o meio ambiente e deixando um legado para as futuras gerações.

Sobre a ABREE – Fundada em 2011, a ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos – é uma entidade gestora sem fins lucrativos, que define e organiza o gerenciamento da implementação do sistema coletivo de logística reversa de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, promovendo economia de grande escala. Com 54 associados que representam 183 marcas, a ABREE é responsável pelo gerenciamento através da contratação, fiscalização e auditoria dos serviços prestados por terceiros, além de contribuir com informações para todos os envolvidos da cadeia, responsáveis pela viabilização da logística reversa de eletroeletrônicos e eletrodomésticos no país. Para mais informações, acesse http://abree.org.br/

Fonte: Carolina Tavares – Sing Comunicação de Resultados

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

SIMPLES NACIONAL E O SUBLIMITE DO ICMS/ISS

SIMPLES NACIONAL E O SUBLIMITE DO ICMS/ISS O Simples Nacional é o nome abreviado do “Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte”. Trata-se de um regime tributário diferenciado, simplificado e

PODER DIRETIVO: SAIBA SUA IMPORTÂNCIA

PODER DIRETIVO: SAIBA SUA IMPORTÂNCIA Poder diretivo é o conjunto de prerrogativas asseguradas pelo ordenamento jurídico que são concentradas na figura do empregador para a direção das atividades dos empregados, no contexto da relação de emprego. Existe um fundamento legal

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top