Auxílio-Brasil: valor extra do benefício deve ser votado nesta semana

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Auxílio-Brasil: valor extra do benefício deve ser votado nesta semana

A semana começou agitada no Congresso Nacional. A pauta da Câmara dos Deputados prevê a votação do valor extra do programa Auxílio Brasil, elevando a média mensal de R$ 224 para R$ 400 até dezembro de 2022.

Auxílio-Brasil: valor extra do benefício deve ser votado esta semana
Auxílio-Brasil: valor extra do benefício deve ser votado esta semana. (Imagem: FDR)

A pauta é de extrema importância para o governo de Jair Bolsonaro, especialmente no que compete ao peso do desempenho desta transferência de renda em sua campanha rumo às eleições de 2022. Vale lembrar que o debate sobre este projeto já foi adiado em plenário três vezes somente na última semana.

A Medida Provisória (MP) que dispõe sobre o tema foi oficialmente publicada em dezembro de 2021, prevendo a destinação de um benefício extraordinário às famílias beneficiárias do Auxílio Brasil. Lembrando que o programa social foi criado para ser o substituto do Bolsa Família.

O texto atual sugere que o benefício extra seja calculado a partir da soma dos valores concedidos atualmente pelo Auxílio Brasil. Assim, seria possível completar a quantia necessária para que o valor médio da transferência de renda seja fixada em R$ 400. Entretanto, ele terá caráter provisório e não será incluído ao conjunto de benefícios regidos pela lei que implementou o Auxílio Brasil.

Na época, a medida dependia da aprovação da PEC dos Precatórios para que pudesse ampliar o pagamento do benefício extra para 2022. Então, com a promulgação da PEC em dezembro do ano passado, o Palácio do Planalto publicou a MP estendendo o pagamento de janeiro a dezembro de 2022.

Em dezembro do ano passado, a despesa dos cofres públicos com os pagamentos para o programa social foi de, aproximadamente, R$ 2,67 milhões. Enquanto isso, a estimativa de gasto para 2022 gira em torno de R$ 32,4 bilhões. Destacando que ainda não há nenhuma previsão de pagamento extra para 2023.

 

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

Conforme mencionado, o Auxílio Brasil é exclusivo para cidadãos brasileiros em situação de vulnerabilidade social. Mas vale destacar que apenas o representante de cada família receberá os valores. Ou seja, duas ou mais pessoas da mesma família (membros que moram na mesma residência) poderão receber o benefício.

Além do mais, existem algumas particularidades no Auxílio Brasil. A começar pelo fato de que o programa é composto por um conjunto de benefícios secundários com valores distintos e cumulativos. Veja:

  • Benefício Primeira Infância: famílias com crianças de até 3 anos recebem o valor de R$ 130;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: jovens de 18 a 21 anos incompletos recebem R$ 65, o intuito é o incentivo para que os jovens concluam a escolarização;
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica. O valor do benefício será de R$ 65 por pessoa, no limite de até cinco benefícios por família;
  • Auxílio Esporte Escolar: estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros e que são de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil recebem parcela única de R$ 1 mil ou R$ 100 mensais;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas. O valor é de 12 parcelas mensais de R$ 100 ou R$ 1 mil em parcela única;
  • Auxílio Criança Cidadã: para o responsável de criança de até 4 anos incompletos que tenha fonte de renda, mas não consiga vaga em creches públicas ou de rede conveniada. O valor é de R$ 200 para crianças matriculadas em período parcial e R$ 300 em período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: destinado para agricultores familiares inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). O valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: destinado para quem comprovar vínculo de emprego formal. Valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Regra de Emancipação: para beneficiários que tiveram aumento de renda per capita ultrapassando o limite para a inclusão no auxílio, estes serão mantidos na folha de pagamento por mais 24 meses.

fonte: site FDR

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

FRANQUIA É UM BOM NEGOCIO?

2  FRANQUIA É UM BOM NEGÓCIO? Se você está pensando em empreender, uma opção a ser considerada é abrir uma franquia. Embora o investimento inicial possa ser um pouco mais alto do que criar um negócio do zero, as franquias

CONFIRA NOVE APLICATIVOS QUE FACILITAM A ROTINA DIÁRIA

Esse dado impressionante é resultado de um estudo feito pela empresa especializada em mercado mobile Data.AI (antiga App Annie), que revela um importante papel de ferramentas que trazem praticidade para o nosso dia a dia. Seja para pessoas físicas ou

DAS entenda o que é e como funciona

Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) unifica todos os impostos que devem ser pagos por empreendedores que optaram pelo regime tributário Simples Nacional. O valor do DAS Simples Nacional para MEs e EPPs não é fixo. Isso ocorre pois

Por quanto tempo deve se guardar do documentos no RH

Todos os dias, as empresas lidam com vários documentos em seu setor de Recursos Humanos (RH). Dependendo do porte da companhia, mais de dez contratos de admissão de funcionários são solicitados ao colaborador que está entrando na empresa. Todavia, antes

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top