Abandonar obrigações da sua empresa?

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Nos últimos anos, diante da situação econômica do país, a decisão de empreender se tornou uma saída criativa para muitos brasileiros. De acordo com o Serasa Experian, no primeiro trimestre de 2017 foi registrado um recorde no número de empresas criadas, com 581.242 novos empreendimentos, o que não se via desde 2010.

Contudo, existe uma quantidade expressiva de pessoas que não conseguem levar o seu negócio adiante e, simplesmente, abandonam a empresa. Segundo um levantamento realizado pela Endeavor, cerca de 20% dos inscritos no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) está inativo, o que representa 3,7 milhões de empresas.

Em grande parte das vezes, isso ocorre porque as pessoas decidem partir para outras atividades sem ao menos solicitar a baixa no CNPJ ao seu contador. Tal afastamento ocasiona uma série de problemas para o empresário, pois as declarações acessórias – entrega de declarações de inatividade aos órgãos oficiais – são obrigatórias e, quando deixam de ser entregues, tornam a empresa inadimplente perante a Receita Federal.

Além disso, de acordo com a legislação tributária, a multa pelas declarações não-entregues pode variar de R$200 a R$600 por ano. Sem contar que, a não efetivação da baixa do CNPJ, pode acarretar outros problemas, como dificuldade no financiamento bancário e até mesmo a recusa no pedido do seguro-desemprego, pois o Ministério do Trabalho pode pressupor que é gerada uma renda por meio desse cadastro ativo.

Diante disso, ao decidir encerrar as atividades de uma empresa, o primeiro passo é solicitar a retirada do nome social do CNPJ. Para isso, é importante contar com a ajuda do um contador, para que ele faça a requerimento na Junta Comercial do estado e conclua o encerramento das atividades da forma correta. Considera-se que a pessoa jurídica está inativa a partir do mês em que não realizar qualquer atividade operacional, não-operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais.

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

O fim do aposentadoria especial?

O FIM DA APOSENTADORIA ESPECIAL? A Aposentadoria especial é espécie de aposentadoria por tempo de contribuição com redução de tempo pelo fato de que o trabalhador exerce suas atividades expostos a agentes que prejudicam a saúde ou integridade física. Quais

Como pagar DARF confira o passo a passo

COMO PAGAR DARF: CONFIRA O PASSO A PASSO Por: Izabella Miranda O Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) é uma das guias mais utilizadas pelos empreendedores, possibilitando, por meio dela, a arrecadação de impostos, contribuições e outras taxas que

MELHORA EXPECTATIVA DAS EMPRESAS COM RELAÇÃO AO FATURAMENTO

MELHORA EXPECTATIVA DAS EMPRESAS COM RELAÇÃO AO FATURAMENTO Levantamento da Boa Vista mostra que 75% das empresas esperam aumento do faturamento em 2022. O resultado foi levantado em pesquisa realizada ao longo do primeiro trimestre do ano, e mostra aumento

CONHECENDO A LGPD Na atualidade, os dados pessoais são tidos como principal e valiosa fonte de informação, permitindo o conhecimento em detalhes da conduta pública e privada do indivíduo, favorecendo, inclusive, a comercialização dos mais diversos produtos e serviços. Nesse

5 equivocos do planejamento tributario no agronegocio

CINCO EQUÍVOCOS DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NO AGRONEGÓCIO Planejar a parte tributária de um negócio é achar uma estratégia baseada em uma lei, omissão ou brecha legal que otimize a carga tributária, seja reduzindo ou adiando o momento do pagamento. Dentro

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top