A LIDERANÇA E OS DESAFIOS GERACIONAIS

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
A LIDERANÇA E OS DESAFIOS GERACIONAIS
Liderar não é fácil, ainda mais quando se tem 4 gerações (Boomers, X, Y e Z) envolvidas em um mesmo projeto. Nesse contexto há valores, culturas, ritmos, interesses e entendimentos distintos. Essa é a realidade que vivemos hoje. E cada vez é mais comum gerenciar problemas, como boomers resistentes a responderem hierarquicamente à geração Y. Ou, por outro lado, jovens apoiados no etarismo, convictos de que a idade é um limitante no desempenho profissional.

Os sinais de alerta de que a equipe está em conflito são vastos. Alguns exemplos são quando começam a surgir jargões do tipo “essa turma já não aprende mais nada”, em relação aos 40+, ou “esse pessoal é muito mimizento” com relação aos 30-. “Os estereótipos que cercam cada geração podem gerar decisões equivocadas e perdas de oportunidade”, afirma Claudio Moreira, palestrante, trainer de equipes e professor da Escola Conquer no curso de Liderança e Grow Your Business.

O fato é que nunca tivemos tantas idades em um mesmo cenário profissional e isso pode ser muito agregador se o líder souber orquestrar a diversidade. É fácil? Não, mas absolutamente possível de aprender e intensamente necessário para sobreviver as próximas décadas profissionais.

Plano estruturado para engajar
Você pode estar se questionando sobre o que é necessário aprender para gerenciar essa situação. “Montar um plano de alinhamento de valores e cultura, no qual o preconceito é banido, é um dos passos importantes”, exemplifica Alexander Cabral, professor no curso de pós-graduação em Liderança e Gestão de Pessoas, da Escola Conquer, com especialização em Gestão Comercial e Gestão e Liderança.

“Há um vasto cardápio de ações que podem reforçar a união do time, independentemente das idades”. Para exemplificar, os especialistas citam habilidades como dar feedback 1:1 fundamentado em comportamentos e não em personalidades, programas de integração, o coaching e a comunicação direcionados para a gestão de talentos. Um kit de habilidades pouco comum no mercado de trabalho.

Focada nessa demanda, a Conquer, escola de negócios da nova economia, desenvolveu o curso de pós-graduação em Liderança e Gestão de Pessoas, no formato digital, com duração de seis meses. O principal objetivo é desenvolver no líder a capacidade de engajar diferentes perfis profissionais, assumir a mentalidade ágil e gerenciar os conflitos e as mudanças de um mercado cada vez mais dinâmico, complexo e competitivo.

Durante os seis meses de curso, serão abordados temas como argumentação analítica através de dados, data storytelling, novos modelos de gestão e planejamento estratégico para a alta performance. Nas aulas práticas, será possível treinar as softs skills mais exigidos para lidar com equipes plurais das mais diferentes gerações para desenvolver times de performance e inovação.
Fonte: Mundo RH

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Por quanto tempo deve se guardar do documentos no RH

Todos os dias, as empresas lidam com vários documentos em seu setor de Recursos Humanos (RH). Dependendo do porte da companhia, mais de dez contratos de admissão de funcionários são solicitados ao colaborador que está entrando na empresa. Todavia, antes

Educação Continuada

A educação continuada tem como objetivo atualizar o profissional sobre as tendências de mercado inovadoras, estratégias empresariais mais eficientes, modelos de gestão aprimorados e novas formas de se executar tarefas. Dentro das empresas, a educação continuada também pode estar presente

MEI

O MEI é conhecido por ser um modelo empresarial extremamente simplificado, no entando, indepente da sua simplicidade, a categoria de microempreendedor possui regras como qualquer outro modelo de negócio. Dessa forma, deixar de cumprir com as suas obrigações fiscais podem

PROFISSIONAL LIBERAL PODE SER UM MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL?

PROFISSIONAL LIBERAL PODE SER UM MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL? Por: Ana Luzia Rodrigues Quem decide trabalhar por conta própria se depara geralmente com algumas denominações como profissionais liberais e Microempreendedores Individuais (MEIs). O mundo moderno nos trouxe a possibilidade de escolher o

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top