Skip to content

BALANÇO PATRIMONIAL: O QUE É? SAIBA COMO FAZER E EXEMPLOS

Compartilhe nas redes!

Post Para Instagram Proteja Seu Patrimônio Advogado Elegante - Contabilidade na Lapa - SP | RM Assessoria

BALANÇO PATRIMONIAL: O QUE É? SAIBA COMO FAZER E EXEMPLOS
 

 

Balanço Patrimonial é um relatório que demonstra de maneira clara e precisa a situação financeira de uma empresa. Para isso, são considerados todos os ativos e passivos de um negócio, ou seja, seus bens, dívidas e lucros.

Tido como o demonstrativo financeiro mais importante de um negócio, saber o que é Balanço Patrimonial é fundamental para manter a saúde financeira da sua empresa em dia.

Isso porque, esse documento lista todos os bens, recursos, direitos e investimentos pertencentes ao seu negócio.

Com a visão ampla e clara desses valores, fica bem mais fácil identificar se a empresa está gerando lucros ou não, se é um bom momento para investir, se é mais prudente reter gastos etc.

O que é Balanço Patrimonial?
Trata-se de um relatório financeiro que tem por objetivo apresentar a situação contábil e econômica de uma empresa em determinado período.

Também chamado de Balanço Contábil, saber o que é Balanço Patrimonial é a melhor forma de fazer um levantamento completo de todos os bens e direitos de um negócio, identificando também suas fontes de recursos e investimentos.

Para que serve o Balanço Patrimonial?
Considerando isso, o Balanço Patrimonial é uma ferramenta contábil que serve para:

  • Analisar o comportamento financeiro de um negócio;
  • Compreender o trajeto dos recursos financeiros da empresa;
  • Ser utilizado como base para a elaboração do planejamento estratégico;
  • Ajudar na composição do planejamento tributário, identificando tributos pagos e meios de reduzi-los;
  • Tomar decisões financeiras mais assertivas;
  • Apresentar dados financeiros e contábeis a possíveis investidores.

Quando deve ser feito o balanço patrimonial?
O Balanço Patrimonial é um relatório que visa apresentar a situação financeira de uma empresa de um determinado período.

De modo geral, costuma ser elaborado a cada 12 meses. Porém, nada impede que seja feito em menos tempo para ser utilizado para alguns dos objetivos citados anteriormente.

No entanto, de acordo com o § 1º do artigo 176 da Lei 6.404/76, ao final de cada exercício social, as empresas devem apresentar uma série de demonstrativos financeiros, que têm como base de elaboração a escrituração contábil do negócio.

Assim, entre as obrigações contábeis e obrigações fiscais do pequeno empreendedor, assim como do médio e grande, esse é mais um documento que precisa ser preparado.

Por esse motivo, saber o que é Balanço Patrimonial e como elaborá-lo é tão importante para o seu negócio.

Aqui, é fundamental ressaltar que, junto com esse documento, é preciso preparar também o DRE, Demonstrativo de Resultados do Exercício.

Qual a estrutura do Balanço Patrimonial ou Contábil? Do que é composto?
Agora que você sabe o que é Balanço Patrimonial e a sua importância, é fundamental conhecer sua estrutura e composição antes de chegarmos à etapa de montagem.

O Balanço Patrimonial é composto por três principais informações de uma empresa:

  • Os ativos;
  • Os passivos;
  • O patrimônio líquido.

Assim, do lado esquerdo desse documento temos os ativos, que são os bens e direitos de um negócio; e do direito os passivos, que são as obrigações, e também o patrimônio líquido.

Exemplo de Balanço Patrimonial
Para ficar mais clara a compreensão de como é composto o Balanço Patrimonial, veja este exemplo de estrutura:

Balanço Patrimonial
1. Ativos: Bens + Direitos

2. Passivos: Obrigações com terceiros

3. Patrimônio Líquido: Obrigações com a empresa, tais como acionistas, diretores e outros

Total de Ativos………… R$ Total de Passivos………………R$

É importante ressaltar que o Total de Ativos deve ser igual ao Total de Passivos. Quem vai garantir que essa conta “feche” é o Patrimônio Líquido.

Ou seja, a ideia do Balanço Patrimonial na Contabilidade é que haja um equilíbrio entre os dois lados. Considerando isso, a fórmula básica desse relatório é:

Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido
Assim, se aplicarmos essa equação a uma empresa que tem R$ 200 mil em ativos e R$ 80 mil em passivos, o valor do Patrimônio Líquido deve ser de R$ 120 mil.

O que é Ativo e Passivo na contabilidade? E Patrimônio Líquido?
Mas para saber o que é Balanço Patrimonial na íntegra, é preciso compreender também o que significa ativo e passivo na contabilidade, além do que faz parte do Patrimônio Líquido.

Ativos
Ativos são todos os bens, direitos e recursos de um negócio. Em outras palavras, tudo o que possa gerar algum valor econômico, por exemplo, maquinários, veículos, móveis, equipamentos, estoques etc, bem como contas a receber.

Passivos
Já os passivos representam o contrário, ou seja, são todas as despesas, obrigações e dívidas de uma empresa. Aqui, estão inclusos salários de funcionários, pagamentos de contas mensais, tributos, entre outros.

Estrutura dos Ativos e Passivos
Dentro do Balanço Patrimonial, os ativos e passivos da contabilidade são separados por estruturas (agrupamento em blocos de conta) a fim de facilitar a leitura e análise desse relatório.

Assim, os ativos são separados da seguinte forma:

  • Ativos circulantes: bens e direitos que podem ser transformados em valores em período inferior a um ano, tais como contas a receber, estoque, aplicações, tributos a recuperar etc;
  • Ativos não-circulantes: bens e direitos que precisam de mais de um ano para serem transformados em valores, por exemplo, investimentos e imobiliários.

Já a estruturação dos passivos no Balanço Patrimonial da contabilidade é dividida em:

  • Passivo circulante: todas as dívidas, despesas e obrigações financeiras com prazo de vencimento inferior a um ano, por exemplo, impostos federais, estaduais e municipais, empréstimos, fornecedores etc
  • Passivo não-circulante: todas as dívidas, despesas e obrigações financeiras com prazo de vencimento superior a um ano, tais como garantias de aporte e empréstimos de longo prazo.

Patrimônio Líquido
O Patrimônio Líquido é composto pela soma de todos os recursos próprios da empresa. Para chegar a esse resultado são considerados os valores investidos pelos sócios, o capital social, reservas de lucros, prejuízos acumulados etc.

Em uma explicação simplória, o Patrimônio Líquido indica o retorno financeiro que sócios e acionistas obtiveram com o negócio ao final de determinado período.

O que analisar em um Balanço Patrimonial?
Uma das vantagens do Balanço Patrimonial é a possibilidade de fazer diferentes análises.

Só a maneira como esse relatório é montado já gera uma resposta rápida se a sua empresa vai conseguir, ou não, quitar os compromissos assumidos.

Ou seja, uma das análises que pode ser feita, tendo como base o Balanço Patrimonial, é se a quantidade de passivos do período podem ser prejudiciais ao crescimento financeiro da sua empresa.

Outras análises possíveis pelo Balanço Patrimonial
Entre as análises possíveis de serem feitas com o Balanço Patrimonial está a de calcular quantos ativos são mantidos com capital próprio da empresa, e quantos com capital de terceiros.

Denominada “estrutura de capital”, essa análise permite que o empreendedor verifique se os recursos obtidos para manter o seu negócio tem custos menores do que os seus lucros.

Ou seja, ele pode verificar se que a captação de recursos de terceiros (passivos, tais como empréstimos e aportes) gera rendimento maior para a empresa, ou se é melhor se manter com meios próprios.

Como elaborar um Balanço Patrimonial?
Até aqui você descobriu o que é Balanço Patrimonial, quando deve ser feito, o que o compõe e o que pode ser analisado nesse relatório.

A partir de agora vamos explicar tudo o que é preciso para elaborar o da sua empresa.

Primeiro, é importante ter em mente que só é possível preencher um Balanço Patrimonial se o gestor tiver um bom controle do fluxo financeiro da empresa, com toda a documentação do período separada e organizada.

Assim, antes de elaborar esse documento, é fundamental ter o Relatório Contábil, composto por todos os registros contábeis ocorridos de fato no período a ser analisado.

Como o Relatório Contábil é elaborado?
O Relatório Contábil é formado por todas as movimentações financeiras da sua empresa, ou seja, as obrigações, bens e direitos.

Para isso, o contador realiza a escrituração no Livro Diário. Esse controle, por sua vez, visa registrar todos os fatos contábeis e financeiros ocorridos, incluindo entradas e saídas.

O Registro Contábil é obrigatório?
Essa é uma parte bastante burocrática e trabalhosa do processo de elaboração do Balanço Patrimonial, por isso, é tão importante um contador para realizar sua composição.

Além disso, de acordo com as normas do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), o Relatório Contábil e o registro dos fatos contábeis e financeiros são obrigatórios a todas as empresas, incluindo as optantes do Simples Nacional (exceto MEI, Microempreendedores Individuais).

O que acontece quando a empresa não tem o Balanço Contábil e seus livros?
O descumprimento dessas obrigações gera diversos transtornos para os empreendedores, tais como:

  • Impedimento de dividir os lucros isentos acima da presunção entre os sócios;
  • Dificuldades para determinar a parte cabível a cada sócio em caso de dissolução da sociedade;
  • Impossibilidade de usar os dados fiscais e contábeis como argumento de defesa em casos de processos tributários;
  • Impossibilidade de requerer recuperação judicial;
  • Não conseguir analisar nem acompanhar o desempenho financeiro da empresa.

Como calcular os principais indicadores do Balanço Patrimonial?
Outros pontos que são bem importantes saber antes partirmos para a montagem do Balanço Patrimonial diz respeito aos cálculos utilizados para a sua composição.

A definição desses indicadores também ajuda a analisar melhor seu Balanço Patrimonial e, dessa forma, ter uma visão mais clara da atual situação econômica da sua empresa.

Assim, os principais indicadores a serem utilizados nesse relatório são os:

  • Indicadores de renda;
  • Indicadores de liquidez;
  • Indicadores de dívidas.

Indicadores de renda
Entre os indicadores de renda, ou seja, dos lucros da sua empresa estão o Giro de Ativos, Retorno sobre os Ativos e o Retorno sobre Patrimônio Líquido.

Veja a fórmula a ser aplicada para obter o resultado de cada um deles:

  • Giro de Ativos: vendas / ativo total
  • Retorno sobre os Ativos: lucro líquido / ativo total
  • Retorno sobre Patrimônio Líquido: lucro líquido / patrimônio líquido

Indicadores de liquidez
Os indicadores de liquidez dizem respeito aos valores que podem ser dispostos em pouco tempo e podem ser:

  • Liquidez imediata: disponível / passivos circulantes
  • Liquidez corrente: ativo circulante / passivo circulante
  • Liquidez seca: (ativos circulantes – estoques) / passivos circulantes
  • Liquidez geral: (ativos circulantes + realizável em longo prazo) / (passivos circulantes + exigível em longo prazo)

Indicadores de dívidas
Já os indicadores de dívida, como o próprio nome sugere, são utilizados para verificar qual o montante de endividamento da sua empresa.

Para isso, podem ser utilizados o que visa identificar o grau de endividamento e outro que aponta o endividamento em si, da seguinte forma:

  • Grau de endividamento: passivo / patrimônio líquido;
  • Endividamento: passivo total / ativo total.

Como calcular Patrimônio Líquido no Balanço Patrimonial?
O cálculo do Patrimônio Líquido no Balanço Patrimonial é extremamente simples de ser feito. Para chegar ao seu resultado, basta aplicar a seguinte fórmula:

Patrimônio Líquido = valor do ativo – valor do passivo

Como montar o Balanço Patrimonial na prática (passo a passo)
Agora é o momento de juntar todas as informações sobre o que é Balanço Patrimonial descritas até aqui.

Assim, para montar o seu relatório, basta seguir estes passos:

  • 1º passo: reúna todos os ativos e passivos contábeis da sua empresa, separando por natureza na hora do lançamento no balanço, a fim de facilitar a análise;
  • 2º passo: faça a conciliação dos seus saldo contábeis, comparando com outros documentos como extratos bancários e livros diários, de acordo com a origem de cada registro;
  • 3º passo: reavalie e reclassifique suas contas patrimoniais, de modo que realmente demonstrem o momento atual da empresa;
  • 4º passo: faça os cálculos necessários para identificar se o seu negócio teve prejuízo ou lucro ao final do período que está sendo analisado;
  • 5º passo: classifique suas contas patrimoniais, considerando que os resultados positivos devem ser incluídos como lucros e os negativos nos prejuízos acumulados.

Qual a melhor maneira de fazer um Balanço Patrimonial sem erro?
Como você pôde ver, o Balanço patrimonial é um relatório essencial para acompanhar e analisar a saúde financeira da sua empresa. No entanto, ele pode parecer um tanto complexo para que não está habituado com sua elaboração.

A fim de evitar erros contábeis que podem prejudicar a sua empresa, o ideal é contar com o auxílio de um contador em todas as etapas do processo.

E ainda que você já tenha um profissional contábil responsável pela sua empresa, saiba que você pode trocar de contador a qualquer tempo e usufruir, por exemplo, das vantagens de uma contabilidade on-line.

Assim, além de elaborar o Balanço Patrimonial do seu negócio, esse profissional vai lhe ajudar em diversas outras questões tributárias e financeiras, sem que você precise sair da sua casa ou da sua empresa para isso.

Fonte: Contabilizei

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

IR 2024

IR 2024: QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS PARA QUEM NÃO DECLARAR O IMPOSTO DE RENDA? Ao descumprir o prazo estabelecido pela Receita Federal para a entrega da

Salário atrasado?

  ESTÁ COM SEU SALÁRIO ATRASADO? ENTENDA QUAIS SEUS DIREITOS   Trabalhador pode recorrer à rescisão indireta. Entenda O pagamento de salários em dia é

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top